terça-feira, 28 de junho de 2011

O dia que Paris virou Rio

Esta semana é uma semana atípica. Minha vida de sempre foi atropelada por vários acontecimentos importantes: visita da mãe em Paris, última semana de trabalho, decisão definitiva sobre quando voltar para o Brasil baseada em uma resposta que teremos na sexta, organização das primeiras férias de verdade depois de 4 anos e calor, muito calor.


Os parisienses compartilham pelo menos dois desses eventos: o calor e o planejamento das férias (em julho/agosto todos eles migram para o sul). Então pude perceber nitidamente nas ruas uma felicidade geral - os parisienses estão ainda mais eufóricos do que na primavera! Como passei o fim de semana inteiro turistando com minha mãe, aproveitei bem todo esse momento de bom-humor coletivo, coisa rara em Paris. Nas lojas os vendedores vinham sorridentes e prestativos, nem faziam cara feia quando eu experimentava metade da loja e saia sem levar nada. Um deles, inclusive, me pediu em casamento ajoelhado e tudo. Na rua não precisávamos sequer pedir informações, era só abrir um mapa que automaticamente chegava alguém perguntando se precisavámos de ajuda, às vezes até arranhando um português simpático. Para pedir que tirassem uma foto era a mesma coisa: bastava tirar a câmera de dentro da bolsa que alguém se materializava do nosso lado oferecendo pra bater. Nunca vi isso, juro pra vocês.


O mais engraçado é que em todos esses contatos o calor entrava na conversa. O grande acontecimento era a previsão da temperatura de segunda-feira, incríveis 37°, então a expectativa era enorme. Parecia até que todo mundo estava só procurando uma desculpa pra falar "Ei, viu só? Amanhã teremos 37°! High five!" Inevitavelmente, todos os diálogos chegavam aqui. Parecia até copa do mundo, sabe? Como se todos nós estivéssemos nessa juntos, para o melhor e para o pior. Só faltava um tapinha nas costas - vamulá, vamulá, rumo aos 37! Daí tinha gente que descrevia os preparativos para o dia seguinte: "sempre deixo a janela da sala fechada, mas amanhã vou ter que abrir tudo!", outros me davam conselhos: "não esquece de beber muito líquido, vai fazer 37°".

Pois os 37º chegaram ontem e olha, quase morri. Tô muito parisiense? Minha mãe disse que não sobrevivo mais ao calor do Rio, acho que ela está certa. As crianças que tomei conta botaram o pé pra fora de casa e pediram pra voltar. Eu não tava a fim de perder a oportunidade de curtir o calor, então as obriguei a ir no parquinho, coitadas. Elas não aguentaram brincar nem na sombra e ficaram resmungando sentadas no banco. Minha mãe viu uma ambulância tirar um velhinho de casa. Pegar ônibus nesse calor não foi brincadeira, os ônibus daqui não têm janelas nem ar-condicionado! Porque como o Brasil não está preparado para o frio, a França definitivamente não está preparada para o calor.

Vou tratar de aproveitar bem da simpatia e do calor em Paris, porque certamente ambos duram muito pouco!

17 comentários:

Helô Righetto disse...

ai amanda, depois conta essas novidades ae!! mas nao vai embora sem a gente se conhecer hein?

Marina Msq disse...

Que delicia! Fiquei imaginando as carinhas dos franceses e as mesinhas de fora nesse tempo maravilhoso. Bateu uma saudade...
Até pedido de casamento rolou, ou essa parte foi mera brincadeira?
Boa epoca pr'uma boa despedida!
Beijos

luci disse...

tao bom ler posts como esse. a pessoa vai bamançando a cabeça em concordancia em cada linha hehehe ok, 37 graus eh dose! aqui em lyon tamo nos... 27, 28 graus e eu ja tou pedindo penico. passo o dia todo suada, eh tao sebosa minha vida agora, mas pergunta se eu tou reclamando? tou achando LINDO!

Mariana disse...

Menina vc vai sofrer no Rio mesmo!
Acho que o melhor do calor daqui é que ele é seco. Porque la em Floripa é umido pacas e a gente ta sempre, sempre se sentindo melecado... mas eu faço coro com a Luci.. tô achando lindo!!! não reclamo mais nem passando mal!!!
e aproveita né, qdo a gente ta de partida marcada, tudo ao nosso redor parece mais bonito!!
bjus!!!

Grazi disse...

Se vc está indo embora, então aproveita mesmo, o calor e a cidade.
Ah, mas pq vc vai embora? Achei q como vc é casada com um francês iria ficar por ai p/ sempre. Ter seus filhos ai mesmo, etc.

disse...

Esse calorão ta' uma delicia mesmo. Todo mundo feliz! Mas 37° nao foi facil nao! Mas nao reclamo. Prefiro mil vezes 37° do que -5°. Mil vezes nao, 1 milhao de vezes!

Que o calor continue ainda por muitas semanas!

Gisele disse...

Ontem eu tava sofendo como todo mundo com o calor e um francês fala pra mim "et alors ?!". Rapidamente eu respondi "no meu pais tem ar condicionado !" Definitivamente a França nao esta preparada pra 37°C, concordo com cada palavra no seu post.

Drixz disse...

Ai, que delícia! Aqui tá 26º e as suecas já estão andando de biquini pela rua. Toda graminha que tem, o povo deita em cima e tenta pegar um bronze. Vou me preparar para a "chaude" Paris. hohohohoh Tô super animada.

Glória Maria Vieira disse...

Que barato, Manda! *-*
Tenho que experimentar esse frio todo, porque calor eu experimento desde quando eu me entendo por gente.KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Beijo, sua linda!

Ana Duarte disse...

Amanda, eu voltei para o Brasil em janeiro e aqui estamos sofrendo com o frio. Esta noite fez 0 graus!! e sem aquecedor em casa!!! kkkk um horror!! Eu sonho com o calor, mas prefiro o calor da França, pq como a Mariana disse acima, o calor daqui é umido, entao você ja sai do chuveiro suando...heheh
bjos e profites bien!

Vanessa Peres disse...

Voltar pro Brasil? Poxa, agora vou ter que ir pro Rio te conhecer? :)
E sim, 2° feira foi horrivel! Imagina assistir o show do Iron Maiden ali em Bercy, esperar do lado de fora naquele sol e là dentro, com todo as pessoas pro show, ficou ainda mais quente do que o lado de fora. Enfim, foi um babado!
Beijo e boa semana :*

Flávio Assum disse...

Vem, Amandita, vem pro RIO, vem curtir as férias tão esperadas aqui! Mas, vou te contar uma coisa, por aqui... estamos com bem menos graus do os famosos 37!

Fernanda disse...

Olá Amanda!

Que bom vc arranjou um tempinho pra escrever de novo!

Aproveite mesmo o calor aí, pq aqui no Brasil tá um frio do caramba!
Imagino o cheirinho gostoso dos metros e dos onibus nesse calor!!! rsrs

Olha quanta simpatia dos parisienses! Eu sinceramente nunca tive problemas com eles, quando nao tinham um sorriso no rosto pelo menos não eram grossos (aquela típica grosseria do frances sem paciência que é normalmente acompanhada da também típica bufada rs)! Mas em geral, sempre que precisei de ajuda ou informação nunca fui destratada. Uma vez no metro eu estava com duas malas ENORMES, me surpreendi quando uma francesa toda magrinha e pequenininha insistiu em me ajudar a subir aquelas benditas escadas! :-)

Agora, cá entre nós, quem precisava realmente ser contagiado pela alegria e simpatia da primavera e verão são os garçons, esses sim carregam uma péssima fama e não é à toa!!! rs

bjs e bom verão!

Cínthia Nascimento Coelho-Fize disse...

Parisienses de bom humor???? Isso eu nao perco por nada. Chego em Paris dia 07 de julho na expectativa de ver sorrisos. Beijo!

Rita disse...

Uia... mas já esfriou, ne? Veremos como vai ser isso aí em julho. :-)

Beijitos
Rita

Beatriz disse...

Ah Paris....um dia ainda vou me aventurar por aí... Verão agora na Europa deve ser tudo de bom, ainda com a cara do Rio...muita simpatia no ar e paisagens divinas...
Bom verão e bons ventos!!!
Bia
www.biaviagemambiental.blogspot.com

Flávio disse...

Virou tanto Rio que deram até uma porrada no Sarkozy!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...