domingo, 1 de janeiro de 2012

Conselhos práticos para quem vai deixar a França

Já alertei aqui o quanto Paris pode ser rancorosa quando decidimos deixá-la. Todos foram testemunhas de que enfrentei todo tipo de agressividade de sua parte - como eu disse: "os golpes mais baixos que uma cidade pode dar numa pessoa". Felizmente alguns desses golpes podem ser evitados se você estiver preparado, então decidi dar umas dicas de como se livrar da ira de Paris no dia que você resolver ir embora.

Na verdade acho que tive sorte de ter que fazer uma pequena mudança dois meses antes de fazer a grande mudança, então tive mais tempo de me organizar, mas como normalmente as pessoas não são expulsas do seu próprio apartamento, acho válido dar uns toques.

Roupas e livros
Logo que decidir voltar pro Brasil, aproveite cada visita que tiver para ir mandando as tralhas. Lembre-se que os brasileiros que visitam a Europa podem levar até duas malas de 32kg enquanto nós, que compramos as passagens saindo da Europa, podemos levar apenas uma mala de 24kg. Sim, o mundo é injusto. Deixe a vergonha de lado e peça pra galera ir levando suas coisas aos poucos, dando prioridade para os livros, que são mais pesados. Quanto à melhor forma de levar o que sobrou eu não posso ajudar, já que sou uma pessoa pesapegada que conseguiu enfiar tudo em uma malinha de 23,500kg (e sem pesar!). Sei que dá pra enviar por navio, mas tem gente que prefere pagar excesso de bagagem, que custa 100 euros cada mala extra.

Apartamento
Normalmente os contratos de aluguel exigem um pré aviso de um mês antes de deixar o apartamento. Não esqueça da caução: tenha certeza de que tudo está em ordem para não levar calote do proprietário, já que você não estará mais por perto para resolver qualquer perrengue.

TV-Internet-Telefone
Foi de longe o que me deu mais problema. É importante saber que a cada vez que eles ligarem oferecendo uma oferta nova, canais gratuitos ou qualquer outra mudança, é um contrato novo que se inicia. Mas também não é nada de grave, já que podemos interromper o contrato no caso de uma mudança para o estrangeiro. O ideal é mandar uma carta pedindo o cancelamento do serviço um mês antes de partir. Tem que pegar um modelo de resiliation na internet dizendo que vai se mudar, pedir pra alguém no Brasil assinar uma carta em francês dizendo que você vai morar na casa dela. Não esqueça de uma cópia do passaporte da pessoa e um comprovante de residência. Então poste no correio com o comprovante de entrega, que é a parte mais importante. Há casos das empresas dizerem que nunca receberam nada. Normalmente demora uma semana. Daí eles tem que mandar pra sua casa um documento pedindo pra você depositar o material que emprestaram na loja mais próxima no prazo de 15 dias. Você vai lá, deposita o material e pega um comprovante. Se tiver caução, como no meu caso, pergunte quando e como vai receber o dinheiro. Aproveite e peça pro cara dar uma olhada no computador pra ver se está tudo certo (porque no meu caso eles estavam prestes a descontar 500 euros por engano). Depois disso, vá ao seu banco e faça uma opposition à empresa, para impedí-la de tirar dinheiro da sua conta. Isso é muito importante, porque muita gente tem problema com empresas que continuam a cobrar por um serviço que já foi cancelado! E como você estará no Brasil, não poderá resolver tudo isso e acabará perdendo uma grana à toa.

Celular
É mais ou menos no mesmo esquema da TV aí de cima. A diferença é que não tem material a ser devolvido. Eles dão um prazo de 15 dias para cancelar o serviço depois que recebem a carta. Mas no meu caso, por exemplo, demorou mais de 15 dias apenas para eles receberem a carta! Só fui ter a confirmação depois que já estava no Brasil. Então se você não se importar de ficar um tempinho sem celular, sugiro que mande a cartinha um mês antes de ir embora.

*Comprar um celular com contrato de dois anos, mesmo que você vá embora daqui a dois meses, é uma boa ideia, já que podemos cancelar o contrato em caso de mudança de país. Muita gente aproveita os bons preços para chegar no Brasil com um IPhone novinho (e ser logo roubado, mas aí é outra história).

Banco
Os bancos da França são bem práticos. Se você quiser cancelar sua conta, tudo o que tem a fazer é transferir seu dinheiro para uma conta no Brasil e fechar tudo. Se ainda tiver um pagamento pra receber ou uma conta que vai cair depois de sua partida, também não tem problema, você pode fechar sua conta por email. Mas antes vá conversar com o responsável e explique a situação. Se você quiser manter sua conta, pode acompanhá-la pela internet e continuar fazendo suas transações por email. Dá pra fazer tudo à distância, mas antes é preciso ir lá pessoalmente e bater um papinho com o gerente.

Alguma outra dica?

5 comentários:

disse...

Post para guardar com carinho!

A dica que eu acrescentaria é fazer opposition à todos os pagamentos para evitar dor de cabeça. Na primeira vez que nos mudamos, a agência cobrou um aluguel a mais por engano, e depois tirou o corpo fora dizendo que deveriamos recuperar o dinheiro direto com o proprietario, que era um tremendo de um malandro e so' pagou depois de muitos meses de insistencia nossa.

Enaldo disse...

Débito automático em conta, pelo visto, é uma roubada em qualquer lugar

Francielle Nogueira disse...

Pelo visto é bem melhor ir à Paris a passeio e evitar alguns (muitos) problemas.. rs
Essa dica foi muito importante para lembrar aos sonhadores que nem tudo na vida é tão simples, comprar uma passagem pra França e fim. Tudo tem que ser beeeem organizado porq se não.. só dores de cabeça.

Obrigada Amanda pelas dicas, faz um favor para nós leitoras? Não abandona o blog..

beeeijo

Vanessa Peres disse...

Massa! :)
Não pretendo (mais) ir embora, mas ja sei que link indicar quando me pedirem essas dicas :)
Beijos, Amanda, e boa sorte na nova vida :)

Helena disse...

Uma dica também é em relação ao endereço e correspondência. Quando me mudei de Rennes para Aix-en-Provence, avisei o pessoal da Cité Universitaire sobre meu novo endereço, mas depois fiquei sabendo que se pode avisar os Correios para mudanças nacionais e internacionais. Inclusive, é possível fazer um direcionamento temporário. Aqui mais informações e os preços: http://reexpedition.laposte.fr

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...