sexta-feira, 1 de maio de 2009

O desprazer de escrever

Eu sempre gostei de escrever. Acho que a gente se expressa melhor escrevendo, pois temos tempo de pensar, escolher as palavras, mudar de idéia, e ficar assim até o texto refletir exatamente o que queremos dizer. Dependendo da complexidade do assunto (e da inspiração, é claro), chega a ser um processo doloroso que no fim é recompensado por um orgulho proprio que diz: foi duro, mas valeu a pena.

Mas essa regra não vale para escrever numa lingua estrangeira. Aqui na França, quando tenho que entregar algum trabalho na faculdade, pesquiso, penso, escrevo, escrevo, escrevo e no final, o resultado é uma bosta. Quer dizer, à primeira vista para mim fica bom, mas quando peço pra alguém corrigir vejo que esta tudo errado. Resultado: perdi completamente o prazer de escrever. As vezes bolava frases que, de acordo com minha formação tupiniquim, estavam bem impactantes e ficava bem orgulhosa delas, até o meu namorado perguntar: "O que você quis dizer com essa frase? Ela não tem sentido". FRUSTRANTE. Uma vez ele estava de mal-humor e disse: "eu teria menos trabalho se ao invés de te corrigir, escrevesse tudo eu mesmo". Ele é assim, super romântico quando esta irritado.

Não é uma questão de gramatica, mas de construção de idéias. Acho que eu escrevo em português, mas com palavras em francês. Pelo menos ja sinto uma grande diferença de um ano pra ca, até meus "revisores" ja elogiaram, mas ainda não é suficiente. Alias, tenho varios revisores: meu namorado, minha sogra, alguns amigos e até a avo de um bebê que eu tomava conta, que foi super fofa e se ofereceu mais de uma vez pra fazer o serviço. Não sei o que seria de mim sem eles.

A ma noticia é que tenho que escrever uma dissertação de 150 paginas para o mestrado.

3 comentários:

Marco disse...

faço mestrado no barsil e depois pretendo seguir pra frança. só de pensar nisso já fico aflito... comecei o curso de francês, mas...

XMaritoX disse...

Deve ser complicadíssimo isso. Talvez consiga fazer francês e fico todo confiante por saber espanhol, achando que isso vai me facilitar algo na hora de escrever...mas na verdade nem deve. hahahahahahah

Milena disse...

Vivo essa mesma frustração tendo que escrever em francês... Adorava escrever em português, era um verdadeiro prazer... mas agora já faz um ano que não escrevo praticamente nada, abandonei quase completamente o português (só escrevo e-mails curtos, orkut), e mesmo assim o meu francês não está como eu gostaria. As vezes desanimo mesmo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...