domingo, 18 de abril de 2010

Recarregando as baterias

Ulala! Férias!

Quando decidimos vir morar na França, eu e o cheri encaramos essa fatalidade como um sacrificio a ser feito em nome dos diplomas, do bolso e do curriculo e levamos essa premissa tão à sério que esquecemos de tirar férias. Nunca temos tempo para férias, é impressionante! Quando não se tem uma vida regrada, com um emprego estavel e férias a serem determinadas com antecedência e planejamento, cada um arranja uns dias de folga que, logico, nunca caem no mesmo periodo. O resultado é que a gente não viaja muito pela Europa, nem pela França, o que é um desperdicio.

Mas dessa vez conseguimos planejar incriveis 8 dias de viagem e nossa vida mudou. Impressionante como uma semana de prazer pode nos lembrar das nossas prioridades e nos mostrar o tanto de coisas que ha por fazer. Durante esses dias tive varias ideias novas que a rotina de Paris me impedia de pensar. Abriram-se mil possibilidades, mil novas escolhas para o futuro, mil lampadinhas que se acenderam sobre minha cabeça e que depois eu so conseguia dizer "como não pensei nisso antes?".

(pena que nenhuma dessas lampadinhas foi pra minha dissertação, que alias, abstrai completamente nessa semana)

Bom, fomos para o sul da França, onde normalmente é bem mais quente que Paris. Enchi a mala com meu estoque de shorts, camisetas, chinelos e protetor solar e perguntei pro cheri quantos biquinis ele achava que eu deveria levar. Ah, ingenuidade a minha. Foi ai que aprendi um importante ditado popular francês: "En avril ne te découvre pas d'un fil" ou "Em abril nao se descubra de nenhum fio", isso porque com a chegada da primavera, tolinhos como eu tendem a achar que o inverno acabou, saem de shortinho por ai e acabam gripados, os tontos. Eu não acabei gripada porque além de ter um time de primeira pra me alertar contra os perigos de abril, que era a familia do cheri, eu não conseguiria vestir uma camiseta nem se eu me enchesse de todo meu otimismo! Estava frio!

Mas nada capaz de estragar nossas tão esperadas férias. Foi um pouco frustrante ver um mar tão lindo e não poder entrar, mas em vez de passar horas inuteis dentro d'agua (olha o recalque), pudemos passear bastante pelas cidadezinhas vizinhas e ir até a Espanha, vejam so! Além de voltarmos com um estoque de comidas espanholas, garrafas de alcool (que são mais baratas do outro lado da fronteira) e muitos torrones, ainda fomos no museu de Dali, que fica na cidade de Figueiras.

Todo dia a gente olhava a previsão do tempo pra ter certeza de que o sul da França estava mais quente que Paris e comemoravamos aliviados o solzinho em cima da gente: iei, bate aqui, kich! Mas Paris ficou morta de ciumes com meu amor pelo sul da França e na nossa volta fez questão de se mostrar, exibida que é, com um domingo de extrema beleza e com um sol de amolecer qualquer tristezinha de fim de férias.

E tudo recomeça amanhã. Mas sob outra perspectiva.

8 comentários:

Patrick disse...

O Museu de Dalí é muito curioso, como a obra do autor.

simone disse...

nao creio que vocês estavam aqui no sul!! :) moro em biarritz, podíamos ter tomado uma sangria! :)

Amanda disse...

Patrick, gostei do museu tbm, impressionante a quantidade de obras que esse cara fez!

Simone, eu tava em outro sul da França, perto da fronteira com a Espanha! Em uma cidadezinha chamada Argelès. Mas quando a gente for prai perto vamos tomar aquela sangria! Hummmmm!

Caso me esqueçam disse...

uau! quando camilo me disse "en avril ne te découvre pas d'un fil" a gente ainda morava no brasil! hehehe agora eu posso entender o que isso significa! hoje o dia tah lindo! solzao, estou sem casaco dentro de casa e ate as janelas do quarto tao abertas. ha dois dias eu tava cheia de roupa e ainda morrendo de frio!

uma das coisas que sempre vai me fazer falta na coisa de ter sido faxineira eh o tempo que eu tinha. se eu quisesse viajar com camilo na sexta, a gente ia sem problema, era soh pedir pra mme her o dia livre (ou oS diaS livreS). ontem fomos comprar as passagens pra ir pro aniversario do pai de camilo em junho e ja nao sabiamos mais que horas compravamos ou que dia, porque nao sabiamos se eu estaria trabalhando ou nao. que saco vai ser agora combinar os horarios e as viagens. e ainda tem gente que diz que eu deveria trabalhar fim de semana.

mas que bom que essas ferias renderam! quando eh que a gente vai ficar sabendo dessas mil e uma boas ideias, hum?

Glória Maria Vieira disse...

Manda, tô super curiosa pra saber quais são essas novas perspectivas! Você sabe, né!? Curiosidade em pessoa. Com direito a RG, CPF e afins! AUHSUASHAUHSU
Nossa, que legal suas férias! As minhas têm um único destino: sertão! AUSHAUHSUAHU Mas não reclamo muito não. Porque sempre me divirto bastante, mas é bom mudar os ares de vez em quando, né!?

Bel Boucher disse...

Entre as suas incríveis idéias está "como ganhar dinheiro?" Se tiver, pode me incluir no projeto!
:-)
Bem vindos de volta.

luci disse...

ah, e depois quero discutir sobre a reforma na aparencia do teu blog. quero ajeitar o meu tambem (acho que ninguem vai porque porque). hihi

Luciana Onofre disse...

adorei seu espaço!

:)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...