segunda-feira, 18 de outubro de 2010

E as manifestações continuam

E as manifestações continuam a toda na França. Amanhã, terça-feira, tem outra chamada de greve geral, ja que a lei da aposentadoria, ja aprovada pela Assembléia, sera votada no Senado na quarta-feira. Muitos setores continuam paralizados, como o setor petrolifico, onde todas as 12 refinarias francesas estão fechadas. Como uma tentativa de evitar a penuria de combustivel, o governo autorizou a policia a invadir e recuperar parte dos estoques de reserva de petroleo, mas a medida não foi suficiente: falta gasolina nos postos. O combustivel ja aumentou e esta sendo racionado em varias cidades da França e a tendência é piorar.

Hoje, 260 escolas estão bloqueadas, menos do que as 306 de sexta-feira passada, mas os estudantes estão mostrando que não estão dispostos a ceder. Os jovens estão saindo às ruas e muitas escolas exibem faixas onde se pode ler "Vovô, o que é aposentadoria?" ou "Aposentadoria interessa aos jovens sim!". Dois estudantes foram feridos por policiais na semana passada. Um dos caso foi em Montreuil, cidade vizinha de Paris, onde um adolescente de 16 anos foi ferido no olho por um "flash-ball", um tipo de bala de borracha. O estudante foi operado no fim da semana pasada e corre risco de perder o olho. O flash-ball foi uma invenção de Sarkozy quando ele era ministro do interior e ja feriu seriamente varios estudantes.

Ao invés do governo pedir para os estudantes não irem manifestar porque é muito perigoso, como falei no ultimo post, eles deveriam simplesmente parar de atirar na população que supostamente deveria proteger. O perigo é justamente o governo. Se os jovens correm riscos em passeatas nas ruas, é por culpa da policia e de quem manda nela. A maioridade penal de 13 anos na França foi instituida justamente por aqueles que agora dizem que os jovens de 16 anos não devem sair às ruas, que eles são manipulados, que não sabem o que fazem. Ora, decidam-se. Maduros o bastante para serem responsabilizados por seus atos e julgados como adultos e imaturos demais para lutar por seus direitos? Não faz sentido.

Para os franceses, nada faz sentido nesse momento. As greves, manifestações, passeatas e gritos de resistência vão durar até que o governo volte atras na sua decisão ou pelo menos faça algumas modificações no projeto. Mais de 70% da população apoia o movimento contra a reforma, o governo não pode lutar contra o povo. Se a lei for aprovada de vez, não sei o que vai ser da França no dia seguinte.

8 comentários:

Priscila disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Priscila disse...

Oi, Amanda!

Cheguei no seu blog atraves do blog da Liana.

Gostaria de saber se você é a favor ou contra a medida do Sarkozy.

Abraço!

(P. Nobrega)

Amanda disse...

Oi Priscila, sou super contra toda e qualquer reforma do Sarkozy. Acho que ele esta sendo um enorme retrocesso nesse pais conhecido por ter uma politica mais social. Ele com certeza esta fazendo um grande estrago na França. Sorte a nossa no Brasil, que estamos no caminho inverso!

Aline Mariane disse...

oi!
se aqui no interior está o caos, imagino em Paris!
Então, sobre a relação aposentadoria X emprego de jovens. Acontece o mesmo que a jornada de trabalho menor: o pouco impacto que causa na geração de novos empregos não compensa o estrago que causa no caixa (o que tem ainda mais impacto na criação de novos empregos). Há várias estatísticas e algorítimos econômicos que provam isso. Sei que são frios e nem sempre falam a verdade, mas mostram uma tendência que não podemos desconsiderar. Por exemplo, a França é o país onde se trabalha menos e onde a aposentadoria é mais cedo da UE. Deveria, por essa lógica, ser onde os jovens encontram mais empregos. Mas não é! Eu também conheço casos de velhinhos que se aposentam e geram uma cadeia de promoções e levam ao emprego de um jovem. Porém, no todo, esse exemplo não tem valor. Será que consegui explicar? Talvez deva escrever um post sobre isso e exercitar minha nova vinheta economista... hehehe ;o]

Concordo em partes que o Brasil está no sentido contrário: é verdade que progredimos no setor social de maneira que nunca tinha acontecido - o que é ótimo mas ainda muito pouco. Contudo o Brasil está imerso (pra não dizer afogado) na lógica liberal: produção, consumo, estado mínimo, crise de infraestrutura... sou otimista e ainda acho que estamos num bom caminho!!

Bjss!

Amanda disse...

Aline, estou longe de ser economista, mas vi uma entrevista com um, que estava dizendo que eles calculam em mais ou menos um milhão de postos suprimidos por causa da lei da aposentadoria. Mas ele resalvou tbm que é dificil e polêmico ter certeza desse numero. Vi até a UMP assumindo esse fato! Faça seu post sim! Vai clarear nossas ideias e levantar debate! Beijo

asnalfa disse...

Nossa Amanda... como vc é falsa hein!
Quer dizer que você é contra o projeto de reforma de previdencia do Sarkô, mas se fosse a Dilma querendo aumentar a idade para os trabalhadores se aposentarem vc iria apoiá-la??

Borboletas nos Olhos disse...

Amanda, sempre é um prazer ler seus posts articulados e bem escritos. Beijos

Glória Maria Vieira disse...

Minha nossa, MANDA!:O Eu fiquei imaginando aqui o que será da França, viu?! =\ ... E esse rapaz que perdeu o olho? O governo está ciente dessa episódio?!Porque é responsabilidade de quem mandou atirar, né?! ¬¬

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...