domingo, 6 de fevereiro de 2011

Raio-X na carteira dos franceses

O site Rue89 às vezes publica reportagens sobre a finança pessoal dos franceses de uma forma bem interessante: eles passam pente fino na conta bancaria de voluntarios, mostrando quanto é o salario deles, quanto ganham de ajuda do governo e pagam de imposto, quanto gastam com aluguel, roupas, lazer, telefone, viagens. Acho que é um exercicio legal comparar nossas despesas no Brasil com a despesa de uma familia francesa, procurar semelhanças e se assustar com as diferenças. Acho que essa pode ser uma ferramenta muito util pra mostrar o cotidiano dos franceses. Claro que cada um tem um estilo de vida diferente e prioridades diferentes, mas ja da pra ter uma ideia de como vivem os frenchies. Selecionei o perfil de duas mães solteiras, com uma grande diferença salarial entre elas: Alexandra ganha quase 2.900 euros enquanto Zoé ganha 575 em um trabalho de meio expediente. Vou comparar outros perfis mais tarde, mas se você quiser dar uma olhadinha em todas as reportagens, elas estão aqui.

Alexandra, 36 anos, controladora interna de uma industria farmacêutica, divorciada, duas crianças.

Calculo da renda
Salario livre de impostos: 2.865 euros
Prêmios da empresa por participação e mérito: 652 euros
Ajuda do governo para os filhos: 122 euros
Pensão alimentar: 368 euros
RENDA TOTAL: 4.007 euros mensais

Sua empresa ainda oferece muitos beneficios como vale-presente e vale-férias de 220 euros por ano cada um, participação na despesa das atividades extra-escolar de seus filhos, excelente plano de saude por 20 euros por mês, telefone celular pago e restaurante da empresa com preços baixos.

Calculo das despesas
Aluguel de uma casa na periferia de Paris: 1.090 euros
Seguro da casa: 46 euros
Gas e luz: 130 euros
Taxa de habitação: 65 euros por mês
Profissional psicomotora para o filho: 140 euros
Baba pra buscar na escola: 120 euros
Almoço e centro de lazer das crianças na escola: 130 euros
Celular do filho de 10 anos: 25 euros
Atividades das crianças: 183 euros
Matricula escolar: 200 euros, ou 17 euros por mês
Imposto de renda: 1.200 euros por ano, ou 100 euros por mês (ela ainda paga pouco pois foi promovida ha pouco tempo)
Telefone fixo ilimitado e internet: 35 euros
Carro: 96 euros (46 de seguro e 50 de gasolina)
Cartão de transporte ilimitado: 29 euros, a empresa paga a outra metade
Compras mensais: 500 euros, comprando orgânicos
Alimentação no restaurante da empresa: 80 euros
Taxas bancarias de suas duas contas: 14 euros
Pagamento das taxas do divorcio que foram feitas à crédito: 303 euros
Doação a associações de meio-ambiente: 230 euros
Roupas: 2.000 euros anuais (1.500 dela e 500 das crianças) ou 167 euros por mês
Lazer: varia muito
Férias: 3.000 euros por ano
DESPESAS TOTAIS: 3.300 euros mensais

Zoé, 24 anos, garçonete a meio periodo, solteira, um filho.

Calculo da renda
Salario livre de impostos: 575 euros
Ajuda social: 350 euros (sim, na França o bolsa-familia existe ha muito tempo)
Gorjetas: 17 euros
Pensão: zero, o pai não da dinheiro porque acha que Zoé vai usar em seu beneficio. Ela não quer pedir, ja que consegue se virar
RENDA TOTAL: 940 euros mensais

Zoé diz que para ela vale mais a pena trabalhar meio periodo, pois se trabalhasse full-time, além de ter que pagar uma baba pro filho, perderia boa parte da ajuda do governo, sem contar o tempo que passaria longe de seu filho.

Calculo das despesas
Aluguel de um apartamento em Paris + agua: 360 euros (ele custa 635, mas ela se beneficia de uma ajuda à habitação)
Luz: 52 euros
Taxa de habitação: zero
Seguro da casa: 20 euros
Seguro escolar para o filho: 10 euros por ano
Almoço na escola: 73 euros
Cartão de transporte: zero (ela pega carona com um amigo e quando precisa, burla o metrô)
Cartão de desconto de trem: 49 euros anuais (sua familia e o pai de seu filho moram em Toulouse)
Telefone fixo ilimitado e internet: 30 euros
Telefone celular: 45 euros
Lavanderia: 30 euros
Compras mensais: 120 euros
Plano de saude: zero, Zoé se beneficia de um plano de saude gratuito para os mais pobres
Passagens de trem: 25 euros por mês
Televisão: zero, ela não assiste para não ter vontade de comprar coisas
Animais: zero, seu peixe pode ficar até 3 meses sem se alimentar
Roupas: 120 euros por ano ou 10 euros por mês
Cabelereiro: zero, ela corta seu proprio cabelo (como muitos franceses, alias)
Lazer: 110 euros
Tabaco + seda: 20 euros
DESPESAS TOTAIS: 900 euros mensais

E então, muito diferente das despesas das brasileiras?

5 comentários:

Beatriz disse...

Oi Amanda
É...coisas da França...Mas bem que aqui no Brasil o governo podia soltar uma dessas aleatoriamente, já pensou? Quanta gente sonegando tudo e outros precisando de tão pouco. Seria uma loucura!!!
Bjs
Bia
www.biaviagemambiental.blogspot.com

(La)ize disse...

O mais incrível é que ainda sobra dinheiro para as duas!

Pepe disse...

Agora tenho uma noção do que esperar de gastos mensais em Paris!
=D

Renata Inforzato disse...

Realmente, é interessante ver que mesmo vivendo com dificuldade, ainda sobra um pouco de dinheiro para a Zoé....Fico pensando se isso seria possível no Brasil....

Sei que é errado ficar comparando, mas não pude deixar de pensar nisso, rsrsrs

Anônimo disse...

Como é caro se divorciar!!!
Viviane Santana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...