sexta-feira, 19 de setembro de 2008

O francês e a arte de não usar pronomes

O que eu mais detesto na lingua francesa é a diferenciação que existe entre tratar o outro de vous ou de tu. Isso é um pé no saco! A boa etiqueta diz que devemos chamar de vous (ou vouvouyer: sim eles têm um verbo para isso!) as pessoas mais velhas, os desconhecidos, os contatos profissionais e afins. E devemos chamar de tu (tutoyer) as crianças, os amigos, a familia, enfim, os proximos. So que eu tenho um sério problema em saber diferenciar um grupo do outro! Olhando assim, parece até facil, mas quase todas as pessoas se encaixam em mais de uma categoria! Ja passei muito vexame errando o pronome. Ja "vouvoei" amigos dos amigos em um bar, ja "tutoei" idosos na rua... Uma gafe atras da outra. Dai pensei que se fosse pra errar, que errasse pela educação e passei a chamar todo mundo de vous. Mas percebi que estava exagerando quando, por causa do habito, chamei de vous uma menina de 5 anos que olhou pra mim com cara de espanto e quando "vouvoei" um grupo de comunista de meia-idade que so se chamavam de camarade fulano e repudiavam tanto quanto eu essa hierarquia verbal.

Decidi então mudar o plano: evitar ao maximo os tais pronomes nas frases. "Você quer café?" virou "Café?", "Você precisa de ajuda?" se transformou em "Posso fazer alguma coisa?" e assim por diante. Até que funciona melhor, mas da um trabalho! Tenho que formular as frases na cabeça antes de falar, so pra conferir se as palavras estão nos conformes. O segredo é esperar a outra pessoa soltar o pronome primeiro, dai depois é so copia-la e tutoyer ou vouvouyer de volta. Mas o problema é que os franceses às vezes também não sabem como tratar seu interlocutor. Descobri com desgosto que a técnica que achei que tinha inventado ja é usada ha muito pelos espertos franceses. Eles podem fazer dialogos imensos sem pronomes! E como estou apenas aprendendo a lingua e eles ja são intimos dela desde criancinha, é uma competição injusta. Acabo sempre soltando o pronome (o inapropriado, logico) primeiro.

O meu ponto forte é o ça va. Essa frase é otima pra isso. Quando encontro alguém pela primeira vez ja saio perguntando logo "ça va bien???" porque quando a gente pergunta tudo bem?, a outra pessoa é obrigada a responder, tudo bem, e você? De vez em quando me distraio e o outro pergunta ça va antes. Meeeerde!!!
Então quem estiver estudando francês ja sabe: atenção especial em fazer frases sem pronomes!

6 comentários:

Luiz Ferreira disse...

caracaaaaaaaaaaaaa Amanda, sou revoltado com esta coisa de vous e tu. Penso que isso cria uma puta barreira entre os seres humanos daqui e acredito que isso deveria ser objeto de estudos sociologicos, tipo: "a influencia do vous da sociedade francesa". Isso cria barreiras eu acho. detesto. A dica de perguntar "ça va" foi otima. Mas pra ser sincero, to começando a entender o lance mas as vezes uso o vous de uma maneira automatica por exemplo pra dizer "comme vous voulez" pois parece que encaixa mais sei la. rs
Um bejao e até.

Marilia disse...

Muito legal!
Bem-humorado, bem escrito e muiiiiito bem "sacado"!
Parabéns!!!

Rackel disse...

AHuhahuahuahauahu!
Amei essa dica, mas meu professor de frances diz q a língua tem os pronomes muito bem marcados e q o uso deles é quase sempre obrigatório (ele disse q era sempre obrigatório, mas como vc disse q pode passar sem eles...)...

Aqui a gente diz 'chove muito' enquanto aí se diz algo como 'IL pleut beaucoup'... É tão injusto!!
=/

Mat Riouf disse...

Tres bien vu, il faut utiliser des tournures impersonnelles pour ne pas avoir a se mouiller quand on a un doute. Tous les Francais font ca.

Raidam disse...

Gostei, estava curioso com isso.
Vc escreve muito bem e é uma estrátegista. rs
Parabéns pelo texto.

Laís Lima disse...

Adorei a dica!
Vou ficar esperta quando for aí!"rsrs"
Bj

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...