quarta-feira, 14 de outubro de 2009

No caminho do bem

Não tenho a menor duvida de que a coisa mais dificil de se morar fora é a saudade das pessoas queridas. A internet facilitou muito a vida de quem esta longe (não imagino como eu sobreviveria sem ela), mas é uma ferramenta que diz, "ei, estou aqui, não se esqueçam de mim!" enquanto a gente esta longe, mas não substitui a presença.

Minha familia esta se multiplicando e os novos bebês não vão me reconhecer quando me verem. Meus amigos estão fazendo varias coisas legais juntos e eu não estou la pra participar. Eles estão evoluindo nos seus empregos, conseguindo diplomas incriveis, se tornando as pessoas mais bacanas desse mundo e eu não estou la pra participar disso tudo. Eles estão viajando, saindo, indo pro samba, bebendo cerveja e comendo churrasco e eu estou longe, tentando explicar pra esses franceses o que é uma feijoada.

Dai quando o Brunito me mandou esse video que ele fez, sobre o nosso amigo Rodrigo, eu so pude sentir um puta orgulho dos meus amigos e me perguntar o que diabos estou fazendo longe deles. O que justifica eu estar longe das pessoas que escolhi? Não sei.

Coloco aqui o video, mesmo estando indignada de não estar presente na ultima cena.


11 comentários:

luci disse...

ih, minha filha, tenha certeza de que todos brasileiro na frança que entrar aqui vai sentir a mesma coisa que voce senti... neh foda? o chato eh isso: quando pergunto o que fizeram, sempre fico com inveja, chateacao e outras coisas ruins quqndo vejo que todo mundo se diverte junto e bebe e fuma e dança... e eu aqui.

Mariana disse...

Me pergunto o mesmo, pelo menos uma vez ao dia:"O que justifica eu estar longe das pessoas que escolhi?" A unica coisa que me consola é o fato de que não fui so eu que levantei acampamento da ilha do desterro, varios amigos meus fizeram o mesmo. O que resta é aquele sentimento de que uma fase se acabou e nunca mais vou viver algo parecido...
Enfim, a-do-ro Tim Maia (apesar dele ter xingado a galera no ultimo show dele) e o stencil do teu amigo Rodrigo é de tirar o chapéu! Parabéns pra ele!!!
bjus!!!!

Roberta Valente disse...

Amiga querida e amada, o que te faz estar ai é a sua garra e enorme vontade de viver. E o que te fará feliz em qualquer lugar do mundo é saber que seus amigos, com internet ou não, nunca te esquecerão e estarão sempre a sua espera de braços e portas abertas!
Morro de saudades, mas começo a compreender que a vida é cheia dela.
Te amo demais!
beijos
Bzinha

XMaritoX disse...

Fica assim não, vc está procurando parte do seu caminho do bem, Amanda! Quando acabar essa busca na França, voltará para seus amigos. Pô, é temporario, meu! Aguenta! Força ae! Garanto que todos estão buscando seus sonhos, aqui no Brasil ou fora. Logo menos vc volta, nem que for pra visitar. As amizades de verdade resistem à distância e ao tempo, e hj podemos matar um pouco de saudades pelas ferramentas modernas, msn, skipe e afins. Segura, termina o que foi fazer.
Video foda, stencil foda! Eu quero começar a fazer uns, por hora vou treinando nos mais simples e políticos. Eu colo uns stickers, nada muito pretencioso, mas não posso filmar e jogar na net...hahahahaha
Fica bem

XMaritoX disse...

Fica assim não, vc está procurando parte do seu caminho do bem, Amanda! Quando acabar essa busca na França, voltará para seus amigos. Pô, é temporario, meu! Aguenta! Força ae! Garanto que todos estão buscando seus sonhos, aqui no Brasil ou fora. Logo menos vc volta, nem que for pra visitar. As amizades de verdade resistem à distância e ao tempo, e hj podemos matar um pouco de saudades pelas ferramentas modernas, msn, skipe e afins. Segura, termina o que foi fazer.
Video foda, stencil foda! Eu quero começar a fazer uns, por hora vou treinando nos mais simples e políticos. Eu colo uns stickers, nada muito pretencioso, mas não posso filmar e jogar na net...hahahahaha
Fica bem

Rosa Lopes disse...

Pois é amizade é fundamental. Também estava escrevendo sobre a falta de certos amigos. O importante á aprender com a situação. Bj

Fabiana disse...

Querida!
Estamos todos conectados mentalmente, independente dos oceanos que nos separam. Aguente firme, o Ali e esse diploma de Master valem ouro!
Um abraço bem apertado!

Helena disse...

Oi Amanda, o que vocês descreve é o que senti quando morei na França. E, em vez de ficar colhendo uva (nada contra, adorei e aprendi muito), eu resolvi deixar o meu amor (temporariamente) para voltar ao Brasil e fazer o que eu queria: trabalhar na minha área! Eu via meus amigos construindo a carreira deles aqui e ficava me perguntando se não estava perdendo tempo...hoje vejo que não, pois a experiência aí foi magnífica. Leva mais tempo para se construir algo quando se está no exterior, mas o êxito com certeza vai ser muito merecido. Seja no Brasil, seja na França, ele vai chegar, não desanime ;) Gros bisous!

SilvanaQuintanilha disse...

Oi Amanda,

Comecei ler seu blog nesta semana. Moro em Paris tb e entendo seu desabafo, mas aprendi que tudo é temporario nesta vida; qdo estamos conectados por sentimentos verdadeiros de amizades, pode passar o tempo que for, q nao tem distancia q mude isto. Qdo vc voltar definitivamente para a "terrinha", vc terah muitas coisas legais para contar e compartilhar com eles. Vc estah vivendo uma experiencia incrivel na sua vida e desfrutarah no futuro dos frutos do seu esforço. Aguente firme. Um abraço.

paulamaria disse...

É muito difícil deixar a terra que temos todos que amamos e nos aventurarmos em terras distantes. Fiz isso só aqui dentro do Brasil mesmo e foi um processo duro e árduo.
Mas foi tão fundamental que não vejo minha vida tendo tomado outro rumo senão esse.
Força que dá tudo certo.
beijo grande!

p.s. lindo o vídeo!

brunopettinelli disse...

Ta vendo, Mandita? Todos te dando força. Na verdade mesmo, muitos de nós aqui no Brasil queríamos estar aí, no seu lugar. Aproveita essa! E por aqui nada acontece de novo.. as pessoas engordam, envelhecem, ganham e gastam dinheiro... mas nós continuamos a fazer arte! E vc tambem! rs.
beijoss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...