sábado, 14 de novembro de 2009

Quem quer dinheeeeeiro?

Adoro pegadinhas na televisao. Nao aquelas de susto, mas as que colocam a pessoa numa situaçao estranha que pede uma reaçao. Eu gosto de ver como respondem a uma situaçao que normalmente nao aconteceria. Por exemplo, o que você faria se um desconhecido desse um gole no seu café? Uma das minhas preferidas foi quando colocaram cinco atores e uma vitima um do lado da outro e fizeram perguntas do tipo: qual a velocidade do som? Os cinco atores davam respostas iguais e precisas, tipo "quatrocentos e cinquenta e três km/h" e quando chegava na vitima, que era a ultima, repetia bestamente "quatrocentos e cinquenta e três km/h". Como o ser humano é bobo! Uma outra que eu adoro é quando um cara mal vestido parava alguém na rua e dizia "Por favor, posso te dar um dolar?", e a pessoa dizia "desculpe, nao tenho um dolar" e ele insistia, "nao, eu nao quero um dolar, eu quero te dar um dolar". A cara de interrogaçao que as pessoas faziam eram impagaveis!

Mas o que eu quero falar é que esse sonho de alguém te dar dinheiro na rua foi a noticia da semana em Paris. Uma empresa decidiu distribuir hoje sacolinhas com uma nota dentro de cada uma, de cinco à quinhentos euros, embaixo da torre Eiffel. A açao faz parte de uma campanha de marketing, que em vez de pagar publicidade, acha que distribuindo o dinheiro pra populaçao vai atrair mais publicidade ainda por causa do interesse da midia. Ja fizeram isso em NY, mas a pessoa tinha que explicar porque queria o dinheiro, dai o cara decidia quanto o candidato merecia.

Eu até queria ir ver como seria (e tentar minha sorte, é claro), mas o cheri disse que era melhor nao, que com certeza ia dar confusao. Nao deu outra: a distribuiçao foi cancelada. Tinham mais de cinco mil pessoas esperando sua sacolinha, mas pelo que pude entender, na paz. Mas os organizadores e a policia acharam que tinha gente demais e que talvez viraria bagunça, entao preferiram nao arriscar. O povo, que até ali estava contido, se revoltou (com razao) e quebrou vitrines, fez baderna e até virou uma viatura policial. Po, que ideia! Se assumiram o risco a semana toda, mesmo contra a pressao da prefeitura, desistir na hora, quando todos ja estavam reunidos depois de vir de longe, com certeza nao foi uma boa ideia.

Distribuir dinheiro na rua é proibido na França. Mas o que é uma multa de 150 euros para quem quer distribuir 100 mil? Parece que agora o dinheiro sera doado para instituiçoes de caridade. E a empresa teve sua tao desejada propaganda. Todo mundo ficou feliz, menos o povo que ficou esperando o dinheiro que nao veio.

9 comentários:

asnalfa disse...

"Distribuir dinheiro na rua é proibido na França."

????
É proibida esmola?? Vc é a favor de dar esmola?? Isso é um assunto muito recorrente aqui no Brasil.

luci disse...

eu nao vou comentar agora porque bebi demais e, apesar de estar escrevendo civilizadamente, eu nao sei o que dizer sbre isso. sinto muito. volto amanha :D

luci disse...

mas eu queria dizer que prefiro que a galera doe o dinheiro que gaste em merda de publicidade! alias, acho que todo mundo pensa isso, nao? ou deveria.

luci disse...

acabei de comentar o caso com camilo. veredicto: caso absurdo. se isso fosse no brasil, tu sabe, nao seriam "somente" 5 mil. :/

mas eu volto amanhhaa

Leonardo disse...

Será que o dinheiro será mesmo doado a instituições de caridade? Tá com cara de uma baita estratégia. Uma divulgação monstruosa sem gastar um Euro sequer...

Bárbara Araújo Machado. disse...

ora, que história! mas eu tenho sério nervoso com essas pegadinhas de TV, porque sou muito assustável e acho que pegadinha = alguém pular feito um doido ou alguma coisa explodir e assustar as vítimas (incluindo a mim)!

Rosa lopes disse...

Vi a reportagem na tv, corri pra sala qd vi as imgens da cozinha e pensava até aí q se tratava de mais uma greve só que com vítima(s)tipo criança com a cabeça sangrando e o pai correndo com ela no colo p/o hospital e o povo tava quebrando tudo de revolta. Mas era uma burla do sentimento de frustração de gente q acreditava q um milagre havia sido atendido.
A coisa ficou feia e achei sem sentido quebrar janela de ônibus e tudo mais. Indício de q a todos a crise tem virado a cabeça.

XMaritoX disse...

Podiam distribuir euros aqui em São Paulo! hahahahaha Pô, ano da França no Brasil!

Marcelo Hagah disse...

Distribuir grana não é mal! Gostei da ideia. Alguém me distribui aí uns 500 euros, por favor.

Marcelo Hagah
João Pessoa-PB

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...