segunda-feira, 16 de novembro de 2009

A revolta da vacina

Enquanto a populaçao de alguns paises se desespera pela falta de vacina contra a gripe A, os franceses esnobam e declaram que nao vao toma-la. Parece que a culpa é sempre do governo: ou ele é incompetente porque nao se preocupa com a saude do povo e nao compra vacina ou ele é tirano e quer obrigar todo mundo a se vacinar sem necessidade.

A vacinaçao na França começou na ultima quinta-feira, sem grande sucesso. A campanha se faz progressivamente e nessa primeira etapa so as pessoas mais suscetiveis sao convocadas, como diabéticos, asmaticos, aidéticos, pais de recém nascidos. Na segunda etapa serao convidadas as gravidas e os bebês. E assim por diante. As pessoas recebem em casa a convocaçao para apresentar no posto. No primeiro dia um telejornal mandou um reporter em um local de vacinaçao e quando ele apareceu ao vivo nao tinha ninguém por la. Ele explicou que os médicos estavam esperando cerca de 700 pessoas naquele dia e até às 13h tinha aparecido..... 1.

A hesitaçao da populaçao nao é sem razao. Somente 10% dos profissionais de saude pretendem se vacinar, o que nao é exatamente estimulante. Além do mais, existe duas vacinas diferentes, uma feita para as pessoas importantes e indispensaveis e outra para a plebe, com mais riscos de efeitos colaterais. Como eles acham que uma ideia dessas pode funcionar? A Angela Merkel declarou que vai tomar a vacina do povao, duvido que o Petit Nicolas faça o mesmo.

Apesar dos esforços da ministra da saude, Roselyne Bachelot, em alarmar a populaçao para os enormes perigos fatais  dessa terrivel gripe assassina (tentando causar panico? Imagina), os franceses nao se convenceram e acham que ela nao passa de outro resfriadinho qualquer. Cerca de 76% da populaçao afirma que nao vai tomar a tal da vacina.

Ca pra nos, acho que essa campanha esta sendo feita um pouco tarde, ja que esta fazendo frio ha uns dois meses e muita gente ja ficou doente. Pelo menos eu nao vou precisar decidir de tomar ou nao a vacina, pois desconfio que o grupo dos imigrantes vai ser o ultimo a ser convocado e até la o inverno ja acabou.

16 comentários:

Mariana disse...

Putz, eu também ia fazer um post sobre isso!!! Pra mim a historia é a mesma de sempre...no Brasil todo mundo também tinha medo de tomar a vacina da gripe comum... eu como era professora poderia tomar e tomei e nada me aconteceu. Não tive nada de nada e nem peguei gripe naquele ano.
E se a gente receber o tal envelope pra Sofia, a gente vai leva-la pra tomar sim, porque bebê ficar doente por opção da mãe é algo que eu ainda não consigo entender... mesmo se ela sofrer alguns efeitos colaterais..;nesse caso ae sim, vou poder culpar o governo francês!!!
E se a campanha continuar assim popular, nem te preocupa, vai sobrar vacina pra todos os imigrantes, até os ilegais!!! hahahahha

asnalfa disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk
Adorei Amanda de Mariana. Aqui no Brasil, sequer tomei vacina pra aquela campanha? Do que era mesmo? Algo parecido com rubeola? Tava fazendo tratamento com dermatologista e minha mae nao deixou, sendo que eu tava querendo. Ai quando minha mae deixou, eu nao quis. Fiz isso so pra provoca-la.
Nos EUA, eles vacinam com spray na narina. Aqui no Brasil so ano que vem..... Ate pararam de falr nisso. Tem uns dois meses. Será que acabou?

Waleska disse...

Olá!
Adorei achar o seu blog.
Eu estava em busca de "expressões francesas", afinal eles falam um monte de coisas do tipo "hop la" que eu não tinha a menor noção do que era até ler seu blog!!! rs
Vou colocar em Favoritos!
Beijos

XMaritoX disse...

O grupo dos imigrantes vai receber uma terceira vacina...
Eu precisava falar com vc, me adiciona no msn? marito13_7@hotmail.com

paulamaria disse...

Essa gripe é uma coisa muito fajuta. Tava passando tododiatodahora o desespero aqui na televisão, jornal, revista, internet... DO NADA: fim. A "pandemia" sumiu. Eu é que não acredito nesses índices alarmantes.

Se cuida aí e se protege do frio!

beijocas!

Lo disse...

olha, tendo por base o que foi no Brasil,por exemplo, no Rio Grande do Sul onde foi um dos piores invernos, mesmo que houve muitas mortes (sabe-se la se foi a suina ou outra), o pessoal tomou as medidas simples como evitar aglomerados (escolas fecharam por um bom periodo), cuidados de higienizaçao, e passou. no inicio foi um panico, mas medidas simples se mostraram eficazes. eu estava na FR e nao peguei todo esse problema, mas, olhando pra tras, e pela experiencia dessas pessoas, sera que essa nao é a melhor soluçao mesmo??

Lo disse...

Amanda, adoooooorrrroooo o seu blog!!! Muito bom!!

Li disse...

Bom, aqui no Canada a vacina com os adjuvantes é para todo mundo(inclusive os vips), em principio. Ingenuidade minha? A vacina sem os adjuvantes é reservada para as mulheres gravidas.
Ao contrario do que acontece na França, na provincia do Quebec a maioria quer se vacinar e o quanto antes, please.
Nem da pra comparar com o inverno no Brasil, aqui eu ficaria uns 8 meses sem sair de casa se tivesse que evitar lugares publicos durante o frio.

Amanda disse...

Gente, fui convocada!! Acabei de receber minha cartinha pelo correio pedido pra eu ir tomar a vacina. Acho que porque como eu trabalhava como baba e tomava conta de recém-nascidos, estou no grupo prioritario. Agora tenho que decidir se vou ou não...

Quanto aos tipos de vacina, hoje me falaram que existe varios deles e é o médico quem decide qual a pessoa vai tomar.

Mariana, vc acha mesmo que vale a pena?

Asnalfa, uma vez quando eu era pequena fiz um escândalo (sim, eu era mimada) pq nao queria tomar vacina, dai no tomei, meus pais ja estavam na duvida mesmo (parece que vacinas sempre foram polêmicas) e depois fiquei com medo de ficar doente!

Waleska, volte sempre! Essas expressões francesas são complicadas mesmo, acho que vou ter que fazer a parte II, hehehe.

Marito, eu tbm achava que os imigrantes seriam os ultimos! Viu, queimei a lingua! Ja te adicionei.

Amanda disse...

Paula, pararam de falar ai pq o inverno acabou, mas ano que vem essa ladainha continua! Alias, parece que o Brasil ja ta comprando as vacinas...

Lo, aqui ta a maior campanha tbm. Eles colocaram avisos de higiene em TODOS os lugares, até na televisão. Fecham escolas se aparece gente doente e tudo. Agora como evitar conglomerados em Paris? So o metrô ja acaba com qualquer possibilidade de isolamento. E que bom que vc gosta do blog! Fico feliz de ouvir.

Li, pois é, o que é engraçado é como as massas pensam igual: no Quebec todo mundo quer tomar a vacina e na França ninguém quer. Alias, vc vai tomar?

luci disse...

achei que eu ja tivesse comentado aqui. pelo visto, eu tou muito relaxada com esse blog. humpf!

sim, achei que ja tivesse comentado aqui porque no dia que se seguiu a minha leitura nesse post, uma das mulheres pras quais eu faço faxina acabou de ter gemeas e veio comentar comigo sobre a vacina. perguntou se no brasil a coisa tava pegando e se eu ia tomar. ela eh meio neurotica com sujeira, saca... com essa questao de doenca entao! nossa! vou fazer um post sobre a doida qualquer dia desses. bom, o negocio eh que achei que ela tivesse me dando indireta, tipo "se vacina ai, sua sujinha, porque minhas filhas acabaram de nascer". finalmente foi ela que na conversa acabou dizendo que achava que eu nao precisava. ouvi falar nos efeitos colaterais e nao gostei muito dessa historia, mas eu e agulhas nos damos super bem. se eu tiver que tomar, tomo sem espernear como a dona amanda de 20 anos atras. :P

salut! =*

Li disse...

Amanda

Eu vou tomar a vacina, sim. Mas vou com o pé atras - ja li muita coisa sobre os possiveis efeitos colaterais, sobretudo a Sindrome de Guillain-Barré, confesso que tenho medo dos adjuvantes, o tal "squalène" virou um palavrao.

Mas vou me vacinar porque viajo de aviao, vou a locais fechados com muita gente, e porque nao quero transmitir o virus a pessoas que amo - filhos adolescentes e um pai com problemas respiratorios. É quase que ter de escolher - dos males, o menor.

Glória Maria disse...

Amanda, eu sou uma leitura 'quase' assídua do seu blog! AMEI desde o primeiro dia que cliquei nele em busca, também, de expressões idiomáticas francesas e assim o encontrei! Sempre que lembro, pq ando muito esquecidinha, leio seu blog!
E se possível, vc me passaria seu msn? pq eu eu pretendo fazer Jornalismo também e queria fazer umas perguntinhas sobre!
Desde já agradecida!

à bientôt!:*

Glória Maria disse...

Ah e o que seria esses 'adjuvantes'?=/
Aliás, vou deixar meu msn, ai se possível vc adiciona tá?
glorinha_gatenha@hotmail.com

:**

Fernanda disse...

Olá Amanda!
Sempre acompanhei seu blog, ainda mais agora que estou morando aqui na França (em Rennes, pra ser mais exata)... Sei que o post não é tão recente para comentar mas acontce que recebi a convocação para a vacina sexta e logo lembrei desse seu post! Realmente os franceses parecem não se preocupar muito com essa gripe. Uma amiga alemã e outra espanhola mostraram o mesmo descaso quando perguntei se elas iriam tomar a vacina!
Eu, estou meio perdida: tomar a vacina e arriscar sofrer com algum efeito colateral ou não tomar e esperar que essa gripe não passe de um resfriadinho?
Sei que o post já é antigo, mas fiquei curiosa para saber se, afinal de contas, você tomou ou não a agulhada?

parabéns pelo blog!

Amanda disse...

Oi Fernanda! Ainda nao tomei nao, to na maior duvida! Mas parece que os franceses mudaram de ideia e estao lotando os postos de vacinacao agora. Talvez eu tome essa semana... Bom, se vc decidir mais rapido que eu, volte aqui pra me contar, viu?? Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...