quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Mapas da liberdade religiosa no mundo


"As restrições govenamentais à liberdade de religião"

Pew Forum on Religion and Public Life, organismo de pesquisa independente sediado em Washington, fez um estudo sobre a liberdade religiosa no mundo e o resultado é bem interessante: cerca de 70% da população mundial vive em paises onde as restrições religiosas são consideradas severas ou muito severas. A pesquisa foi feita em duas parte, a primeira diz respeito às pressões do governo (mapa acima) e a segunda diz respeito às pressões sociais. Na primeira classificação, os paises muçulmanos foram maioria: Arabia Saudita, Paquistão, Irã, Egito, Argélia, Turquia e Indonésia. Mas a lista ainda inclui a Russia ortodoxa, a India hinduista, a China e a Birmânia budista. Na segunda lista os paises mudam, mas grande parte ainda é islâmica: Iraque, Afeganistão, Sudão e Somalia. Tem ainda o Sri Lanka budista e a India hinduista. Algo em comum? Todo são paises em desenvolvimento. Pobreza traz uma sociedade e um governo religioso ou uma sociedade e um governo religioso trazem pobreza?

O Brasil esta muito bem colocado no ranking de liberdade religiosa. No grafico abaixo, que mostra na vertical a pressão social e na horizontal a pressão do governo, podemos ver que dos paises presentes, ele é o mais liberal.



Ja a França não esta tão bem colocada assim. Mas eu acho que é por um bom motivo. Até onde a liberdade religiosa é boa? Sera que o governo deve deixar pessoas inescrupulosas engararem outras para extorqui-las em nome do direito de escolha? Existe um limite? Os Estados Unidos esta bem colocado na lista, mas porque permite aquelas seitas malucas que fazem lavagem cerebral nas pessoas. Aqui na França seitas são proibidas. E nessa classificação estão diversas religiões muito presentes no Brasil, como a cientologia, a sara nossa terra e até o espiritismo.

E ai, o que vocês acham? Liberdade religiosa deve ter um limite?

11 comentários:

asnalfa disse...

Deve ter limites sim!!!
Religioes liberam uma grande quantidade de preconceito que estagniza a sociedade. O Brasil poderia ser muito melhor se houvesse limites pra essa praga de evangelicos e testemunhas de jeová.
Tem um monte de gente perdendo casa pra pastor!!! Será que as pessoas nao analisam nao? Sao tao burras assim?? Cade a votnade de analisar os fatos. O nivel de lubridiação é muito maior nas camadas mais pobres da sociedade, talvez pela falta de informação.

luci disse...

nossa... acho que foi o post que mais me deixou confusa. primeiro eu pensei "que legal, o brasil deixa a folia rolar solta". depois pensei que eh verdade que se deve controlar um pouco a coisa (pensei nisso quando lembrei de uma empregada que nos tinhamos que teve a vida acabada por causa de um pastor - depois conto essa historia). depois pensei que certas maldades (como voce citou, extorsao) rolam mais em paises pobres, com gente que nao tem acesso à educacao. mas dai os eua nao se enquadrariam nessa, nao?

meu deus, estou raciocinando enquanto digito, por isso que esse comentario tah uma cagada. hahahaha

oa, o problema eh que eu acho a palavra "proibicao" forte demais. eh isso. eh por isso que eu ainda nao disse que sou contra a burca (ate acho que ja mudei de ideia!) mas voltando...

acho que tem que haver um controle. as religioes devem correr livres, mas as extorsoes devem ser punidas, por exemplo. devia ser proibido dar doacoes que ultrapassassem certas quantias. sei la! acho ate que deveria ser vetado (nao usei a palavra proibido :P) candidatos a cargos politicos realcarem seus cargos religiosos. "vote 45: pastor freitas". cruzes.

Aline Mariane disse...

liberdade, sempre!!
a cientologia e o espiritismo nao sao proibidos na França, tem até um templo da cientologia pertinho de casa, em Angers! A diferença é que sao controladas de perto, de maneira que uma igreja pentencostal nos moldes que conhecemos no Brasil (liberdade total, até euzinha posso registrar uma igreja e nao pagar uns impostos praquele CNPJ) nao "vingam" em terras francesas...
Bjss!

Leonardo disse...

A relação entre pobreza e sociedade religiosa foi excelente! Acho interessante a liberdade total, mas, quando baseados na liberdade de crença algumas pessoas manipulam e se aproveitam de outras, o Estado deveria intervir. E concordo com a luci sobre proibir que candidatos a cargos públicos façam de suas posições religiosas plataforma de campanha. Vivemos em um Estado teoricamente laico! A César o que é de César e a Deus o que é de Deus!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Amanda disse...

Asnalfa, tbm acho que é um absurdo os pastores enriquecerem às custas de pessoas pobres. Tantos escândalos por ai e eles continuam...

Luci, eu tive a mesma reação que vc! Primeiro fiquei feliz em ver o Brasil la em primeirao, depois que fui pensar pq a França não estava bem colocada, fui chegando a essas conclusões. Os EUA, apesar de ser um pais rico, tem muita desigualdade social, bem mais que na França. Capitalismo selvagem!

Aline, vc acredita que ontem mesmo eu recebi na rua um panfleto de cientologia? Quase passei a creditar, hahaha! Então fui me informar e vi que ela é legal sim, mas como associação. Vou corrigir em outro post. Pelo que vi, qualquer um pode fazer uma associação, mas não pode fazer lucro com isso.

Leo, pois é, mas até onde é permitido? Pq mesmo se as pessoas são exploradas, elas pelo menos ficam mais felizes e encontram uma razão para viver. Quanto à politica, estou de acordo com vcs, é um absurdo! Eu fazia pesquisa eleitoral nas ruas e tinha gente que na hora de responder em quem ia votar, dizia que votaria em quem o pastor mandasse. :/

M. disse...

Amanda, eu vou "babar ovo" de novo, mas vc escreve mto bem! Apesar da Cientologia ser proibida eu vi uma "filial" da religião do Tom Cruise em Lyon.
E pra radicalizar eu acredito que um governo religioso impede o desenvolvimento de um pais sim, afinal os paises europeus não tiverem que se afastar da religião para avançarem em relação à ciência e consequentemente no que tange a economia?

Anônimo disse...

Mandita, acredito que a liberdade de crença e religião não deve ser restringida, mas sim controlada com as leis já existentes no país. Crime é crime, mesmo se praticado em nome de Deus. A questão de pastores se enriquecerem às custas de outras pessoas é um fato, mas deve ser analisado da forma menos preconceituosa possível. Entidades religiosas, em geral, sustentam-se com o dinheiro de seus fiéis. Portanto, seja para manutenção do Vaticano e de todo o seu apêndice administrativo, seja para a construção de mesquitas suntuosas, seja para colocar piso de mármore de Carrara na casa do Edir Macedo, todas as religiões abusam de suas regalias fiscais, governamentais, políticas, etc, para seu bel prazer. O Estado laico, este sim, tem o poder e o dever de estabelecer limites e controlar a forma de atuação das crenças e religiões.

Fabiana disse...

Instigante seu poster, Mandita!
Acho que a religião trava um pouco o amdurecimento crítico de uma sociedade, sim. Mas, por outro lado, estabelecem algumas noções que, por incrivel que pareça, podem ser positivas em se tratando da formação cidadã de crianças desprivilegiadas economicamente. Nunca havia pensado por esse lado, antes de ter contato com meus alunos. Aqueles que demonstram maior interesse, e mais do que isso, os que tem mais perspectiva são aqueles que possuem alguma orientação religiosa, na maioria das vezes, nesse caso, evangelica. Esse foi um dos insites mais inesperados e paradoxais que tive nesse ultimo ano e lendo seu post não resisti em relata-lo.
beijoca

XMaritoX disse...

Não sei bem se no Brasil temos uma liberdade religiosa, quem não é cristão sofre uns cortes. Mas não vem muito do estado, mais da sociedade. Quando aos paises com maioria budista...não sei se concordo que exista pouca liberdade, o budismo tem como característica aceitar a religião alheia muito bem. Mianmar ta longede teocracia, só a maioria da população é de budistas, mas o regime é autoritário/"socialista". A Tailândia, do ladinho alí, tem um número crescente de cristãos e muçulmanos. Na India os ritos dos muçulmanos são feitos ao ar livre, do lado de templos hindus, fora que é berço do budismo theravada, o mais tradicional que está presente na Tailândia, Mianmar, Laos, Camboja, Vietnam. Os países "cristãos" ficaram bem na foto nesse mapa, mas procura um chefe de estado que não seja cristão nesses lugares. Aqui no Brasil tem cara que de ateu vira cristão só pra não cair...
Acho importante a liberdade da religiosidade, da espiritualidade, mas - particularmente - não gosto de religiões. Respeito muito meus amigos religiosos.
Vejo muita gente falando que religião traz preconceito e tal, mas vai lá e generaliza os evangélicos, sendo que é o grupo religioso mais diversificado entre si, dá pra pegar duas igrejas de exemplo e não conseguir ver nelas mais semelhanças do que a bíblia. Conheço uma penca de evangélicos, por ter vivido no meio de esportes de contato e tal, e posso dizer que não é tudo isso que a globo pinta. Já ví pastor soltando um: Isso aê é muita religião e pouco Deus! Se referindo à igrejas-espetáculos-oba-oba-me-dê-o-dízimo!

Caso me esqueçam disse...

"tinha gente que na hora de responder em quem ia votar, dizia que votaria em quem o pastor mandasse" eu fico espantada, mas nao por muito tempo. eh isso mesmo... pô, me lembra depois de contar no blog a historia da nossa ex-empregada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...